Sônia Corretora de Imóveis

(54) 3461-1066

sonia@soniazimovel.com.br

Blog

01 de agosto de 2019

Sonia Imóveis participa de imersão técnica em São Paulo

Uma intensa programação foi preparada para o grupo de empresas da Serra e Vale Taquari e Rio Pardo que integrou imersão empresarial à CASACOR São Paulo para que os empreendedores do setor moveleiro tirassem o máximo proveito da mostra que reúne as mais novas tendências do design de interiores, decoração, arquitetura e arte nos espaços criados no Jockey Club de São Paulo. “Não é só ver a feira. Levamos o grupo para conhecer o que tem de inovação, a indústria 4.0, para que possam saber o que o mercado está demandando e levem essas referências para as suas empresas”, afirma a gestora de projetos do Sebrae RS Elisandra Fatima Bernardi.

A agenda dos dias 24 a 26 de julho contemplou uma visão ampla da cadeia moveleira, incluindo conceitos técnicos, maquinário e tecnologias, até as aplicações do produto final e tendências de consumo. A programação teve a curadoria do consultor e designer Marcos Batista. O primeiro dia foi dedicado a uma imersão na CASACOR e seus diferentes ambientes, entre casas, lofts, lounges, salas, banheiros, estúdios e apartamentos, decorados com o tema Planeta Casa, que identifica o lar como o universo particular de cada indivíduo. Integrante da imersão, Sirlei Lazzarin, proprietária da Cristal Móveis, de Carlos Barbosa, salienta que essas incursões são muito importantes porque resultam em referências sobre tendências, novos materiais e tecnologia. “No Senai também conhecemos a parte de tecnologia na indústria 4.0, robótica, os laboratórios e os projetos desenvolvidos. Também participamos da palestra sensacional do Marcos Batista sobre tendências de mercado e conceitos de interação com indústria 4.0”, relata.

O Senai Lab, em São Caetano, é um ambiente de empreendedorismo e inovação do Senai SP criado com o objetivo de oferecer o suporte necessário para impulsionar e acelerar o lançamento de startups com conexão industrial no mercado. O foco é preparar especialistas em elaborar projetos, no âmbito da Indústria 4.0, utilizando softwares que modelam, analisam e simulam integração dos equipamentos. Assim, foi possível compreender melhor como a inovação gera novas percepções e aplicações do design. Em sua palestra, Marcos Batista, que tem larga experiência em design, inovação e empreendedorismo, mostrou como o design aplicado às vendas pode contribuir na experiência do cliente.

Para Mauro Marques, sócio proprietário da Farm Home, fábrica de móveis de Gramado, a missão proporcionou momentos surpreendentes. “São muitas novidades e é muito motivador ver ambientes diferenciados. Voltamos com vontade de mudar, criar e buscar atualização”, afirma. Outras duas visitas foram agendadas para o dia 25. Os empresários conheceram o Espaço CIDAD3 onde arquitetos e designers convidados criam ambientações em espaços existentes de modo sustentável com o mínimo de reforma, considerando que os espaços são utilizáveis. O grupo também foi até o Edifício Corujas, localizado na Vila Madalena. É um prédio de escritórios de diversos tamanhos e formatos com a proposta de criar um espaço mais humanizado para o trabalho. Entre outros detalhes, o Corujas utiliza recursos como tetos jardins e generosos vãos e varandas pouco convencionais. Marcos Batista também acompanhou a visita do grupo à Faculdade de engenharia Mauá, referência em atualizações do design e infraestrutura para o trabalho, e que aconteceu na sexta-feira, dia 26.

Jovane Luiz Krützmann, da Formallar Móveis, de Teutônia, considera que a imersão ficará marcada pelos impactos positivos. E citou alguns exemplos. “Os projetos da CASACOR servirão como inspiração para incrementar em nossos negócios e projetos. O Corujas nos mostra um conceito inovador e com o mínimo de interferência no bairro. Já a palestra foi uma aula magna sobre como lidar com as mudanças e construir uma marca que gere experiência e também renda.”, destacou. Representante do Sinduscon do Vale do Taquari, Krützmann disse que uma das frases marcantes de Marcos Bastista foi “não podemos esquecer que a nossa empresa tem que ter um propósito e que temos que ser lideres cada vez mais criativos.” Ele também agradeceu a dedicação e organização da equipe do Sebrae RS para que a atividade “traga experiências novas para as nossas vidas”.